Notícias

10 de Outubro de 2017 - 16:10

Serviço funerário

Uma das mais absurdas privatizações propostas pelo prefeito João Doria é a do serviço funerário. O serviço público oferecido com qualidade pelos servidores da prefeitura não é deficitário, mas ao contrário, é superavitário, quer dizer, arrecada mais do que gasta. No ano passado por exemplo, arrecadou cerca de R$140 milhões e gastou apenas R$130 milhões.

Garante para toda a população a possibilidade de enterrar seus entes e familiares gratuitamente, em caso de necessidade.

Ao propor a privatização do serviço funerário, João Doria mostra sua disposição de oferecer a seus colegas empresários a possibilidade de obter lucro no momento de maior vulnerabilidade das pessoas.