SINDSEP - SP

Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Minicípio de São Paulo

SINDICALIZE-SE

Outras Secretarias

13/07/2017 - 10:17

Sindsep encaminha ao governo nova minuta do PL de valorização dos Admitidos

Após a última reunião do GT constituído na Câmara com representantes do Sindsep, das Secretarias de Gestão e da Fazenda, dos gabinetes dos vereadores Mario Covas Neto e Toninho Vespoli, o Sindsep elaborou nova proposta de Projeto de Lei que permitiria, se aprovado e sancionado, a tão esperada valorização dos admitidos.

A nova proposta construída pelo Sindsep a partir das avaliações do grupo de admitidos organizados no sindicato, explicita a disposição da categoria e do sindicato para a negociação, ao distribuir a valorização entre os anos de 2018, 2019 e 2020, mediante a alegação do governo de ser inviável sua aplicação de uma só vez.

Assim, a minuta do Projeto de Lei construída pelo Sindsep parte dos valores hoje recebidos pelos admitidos nas leis aprovadas entre 2015 e 2016, e dos valores que os demais admitidos (níveis básico, médio e educação) deveriam receber se os mesmos critérios recentemente adotados lhes fossem estendidos. A partir desses valores foram aplicados índices iguais para a construção das tabelas de 2018, 2019 e 2020. Os valores finais adotados para 2020 seriam aqueles equivalentes às referências finais possíveis aos servidores efetivos na opção pelas carreiras correspondentes.

Os servidores das leis anteriores a 2014 e os que não optaram pelas novas leis poderiam optar no momento da lei ou nas mudanças de aumento das tabelas. Aqueles que já optaram pelas novas leis em 2015 e 2016 teriam os valores automaticamente corrigidos.

A proposta encaminhada às Secretarias de Gestão e da Fazenda, visam apresentar saídas para a questão orçamentária e devem ser avaliadas pelo governo já para a próxima reunião na Câmara prevista para 24 de julho.

Cabe agora ao governo um posicionamento definitivo que acabe definitivamente com a angustiante espera dos admitidos por um tratamento de respeito e dignidade por parte da Prefeitura.

Confira aqui a minuta encaminhada ao Governo

[voltar]