Saúde

06 de Fevereiro de 2017 - 13:02

HSPM corta subsídios complementares e VOPs

Trabalhadores decidem parar por uma hora em protesto e por negociações

Os trabalhadores do HSPM, nas assembleias ocorridas nos dias 02 e 03 de fevereiro, decidiram realizar uma paralisação de uma hora e manifestação na porta do Hospital no dia 08 de fevereiro, a partir das 10 horas. O objetivo é cobrar do Superintendente uma negociação sobre o corte em janeiro das Vantagens de Ordem Pessoal (VOPs) e subsídios complementares pagos sobre a diferença da insalubridade reduzida na mudança do regime jurídico para o estatutário, e também do adicional noturno, cuja suspensão está prevista para fevereiro. Nas assembleias, o Sindsep apresentou um histórico das negociações que levaram ao pagamento dos benefícios e a mudança de entendimento na Prefeitura que levaram ao corte. Os trabalhadores precisam entender o processo de retirada de direito que estão sofrendo, para poder enfrentá-lo. Ao final da manifestação, realizaremos assembleia para deliberar a continuidade do movimento.

Ato e assembleia contra os cortes nos subsídios complementares e VOPs

Dia 08 de fevereiro

Concentração a partir das 9:30 na frente do HSPM