Educação

06 de Fevereiro de 2020 - 08:02

Aulas começam com água suja, sem kit escolar e escolas sem manutenção

 
Sindsep denuncia abandono das unidades de educação municipal pelo governo Covas/Doria
 
 
 
As escolas públicas da cidade de São Paulo receberam seus estudantes nesta quarta-feira (5) sem os kits de material, uniformes, com caixas d´água sujas e matagal. Na denúncia de funcionários, feita em reportagem do Agora SP, os contratos de manutenção da Secretaria Municipal de Educação se encerraram e as escolas terão de usar recursos próprios, conforme comunicado recebido por email dias antes do início do ano letivo.
 
 
Segundo o funcionário ouvido pela reportagem, a contratação com recursos das escolas esbarra em diversos problemas, incluindo questões legais, bloqueio de recursos e até o risco de caracterização de duplicidade, uma vez que a gestão do prefeito Bruno Covas (PSDB) alega que está em curso a licitação para manutenção das escolas.
 
 
Uma funcionária de escola municipal da zona Oeste, relatou à reportagem que a caixa-d'água está há dois anos sem limpeza. Segundo a servidora, outro problema está relacionado à falta de dedetização e desratização. Um documento, assinado por profissionais de escolas do ensino fundamental e infantil denunciam que as unidades estão sendo invadidas por ratos, baratas e outros animais peçonhentos vetores de doenças.
 
 
Por outro lado, a Secretaria Municipal de Educação alega ter feito o repasse de R$ 42 milhões para os serviços básicos de manutenção e que o procedimento foi o mesmo de 2019.
 
 
A pasta também negou que há entraves para o uso dos recursos pelas escolas, no entanto afirma que está em andamento uma licitação para manutenção.
 
 
Quanto aos kits de uniformes, a previsão da gestão Bruno Covas/Doria (PSDB) é que somente em março esteja disponível. Isso porque houve “mudança no sistema”, mas para que entre em funcionamento, a prefeitura precisa lançar dois editais: um para informar as especificações para que as lojas possam se cadastrar como fornecedoras e outro para contratação da empresa de tecnologia que irá operar o sistema.
 
 
O governo está pagando em 2020 – ano eleitoral – R$  215 para a compra de camisetas, calças, casaco e tênis. Sem entrar na insuficiência do recurso para a compra, vale lembrar que pais e responsáveis terão de retirar os uniformes em lojas que ainda serão credenciadas. O dinheiro será disponibilizado por um aplicativo de celular.
 
 
ENVIE SUA DENÚNCIA
 
A Secretaria de Trabalhadores da Educação do Sindsep chama todos os sócios a ajudarem a denunciar o abandono e descaso da Prefeitura com os equipamentos municipais de educação. 
 
 
Mande fotos, vídeos, áudios e textos de denúncias para o WhatsApp Oficial do Sindsep: 11 97025-5497. Ao fazer fotos e vídeos não exponha o rosto de ninguém. 
 
 
Ou faça sua denúncia pelo Formulário: https://tinyurl.com/LevantamentoEducacao
 
 
Chega de descaso com a Educação Pública Municipal de São Paulo!
 
 
 
Gestão Bruno Covas não cuida da manutenção de escolas. Secretário Bruno Caetano nega descaso.| Fotos: Reprodução Internet