Educação

03 de Julho de 2018 - 12:07

Delegação do Sindsep participa da Conape "Lula livre" em Belo Horizonte

A conferência contou com a participação da ex-presidenta Dilma Roussef e debateu as questões atuais da educação no Brasil

Quase 50 Delegadxs, inscritos pelo Sindsep e FETAM (Federação dos Trabalhadores Municipais), participaram por três dias, no mês de maio, em Belo Horizonte, da Conferência Nacional Popular de Educação, que contou com a presença da Presidenta Dilma Roussef e educadores do Brasil inteiro.

 

No 1º dia, professores, estudantes e entidades que compõem o Fórum Nacional Popular de Educação, realizaram uma marcha, saindo da Praça da Liberdade até a Praça da Estação, onde ocorreu a abertura da conferência.

 

Na manhã do dia 25 de maio, foram realizadas atividades propostas pelas entidades, aprofundando temas como trabalho docente, PNE, reforma do Ensino Médio, financiamento da educação, fortalecimento da educação infantil e combate à privatização. No período da tarde, foi a vez de cada um dos oito eixos que compõem a conferência debaterem o Sistema Nacional de Educação (SNE) e os planos decenais em áreas como gestão democrática, avaliação e regulação.

 

No último dia da Conape, milhares de pessoas ocuparam seus lugares na plenária final para aprovar o documento resultante desses extensos debates acumulados.

 

Como importante instrumento de luta foi aprovado a Carta de Belo Horizonte (confira a íntegra no site do Sindsep), manifesto que sintetiza os pilares que nortearão a resistência em defesa do processo educacional democrático, de construção de posicionamentos progressistas e os debates acerca da educação no país.

 

Tônica do início ao fim da Conape, o questionamento da prisão do presidente Lula também recebeu importante ação, denominando o histórico encontro de Belo Horizonte como Conferência Nacional Popular de Educação “Lula Livre”.