Educação

17 de Maio de 2022 - 10:05

Projeto de Lei 573/21 que privatiza a gestão das escolas pode ser votado nesta quarta-feira

A vereadora Cris Monteiro (Novo), inimiga da educação e do serviço público municipal deve manter na pauta de votação do plenário da Câmara Municipal, nesta quarta-feira (18), o PL 573/21, que abre às portas da educação municipal para privatização.

 

Na semana passada construímos um acordo para que o PL não fosse ao Congresso de Comissões para que pudesse, pela primeira vez, ser debatido amplamente.

 

O projeto prevê, a exemplo do PAS da Saúde, na gestão de Paulo Maluf, a entrega de parcelas do orçamento municipal para entidades privadas atuarem na gestão das unidades escolares municipais. O objetivo é claro: expropriar os recursos do orçamento público e repassá-los para entidades apadrinhadas por políticos.

 

Todos juntos contra o PL 573

 

  •  Vamos imediatamente fazer pressão junto aos vereadores. Mande e-mail, cobre nas redes sociais e telefone do gabinete dos vereadores para dizermos não ao PL 573/21. Neste endereço estão todos os contatos dos vereadores: https://www.saopaulo.sp.leg.br/vereadores/

 

  •  Publique nas suas redes sociais mensagens com as hashtags:

 

#TiremAsMãosDasEscolasPúblicasMunicipais

#NãoaPrivatizaçãoDaGestãoEscolar

#AbaixoaoPL573

#PartidoNovoInimigoDaEducacao

 

SERVIDORES VÃO SE MANIFESTAR em frente à PREFEITURA, nesta quarta-feira, 18 de maio, às 15 horas.

Pelo reajuste salarial e pelo fim do confisco dos aposentados.

Traga seu cartaz contra a privatização da Educação Municipal!

 

ABAIXO O PL 573/21!