Funcionalismo

31 de Março de 2020 - 18:03

Campanha exige medidas de proteção a profissionais de serviços essenciais no combate ao coronavírus

Sob o slogan ?Trabalhadoras e trabalhadores protegidos salvam vidas?, iniciativa de federação sindical internacional e organizações sindicais brasileiras busca coletar informações sobre condições de trabalho e pressionar gestores públicos e empregadores privados a melhorá-las

Foi lançada nesta terça-feira, 31 de março, a campanha “Trabalhadores e trabalhadoras protegidos salvam vidas”, que busca enfrentar os impactos da pandemia de coronavírus (COVID-19) na vida e na saúde de milhões de profissionais que atuam nos serviços essenciais que não podem parar, como saúde, assistência social, educação, segurança pública, sistema prisional, judiciário, asseio e conservação, limpeza pública, coleta de resíduos sólidos, funerárias e cemitérios, água e saneamento, energia e tributação.
 
 
Inspirada na campanha global de mesmo nome da Internacional de Serviços Públicos (ISP) – federação sindical internacional que representa 30 milhões de trabalhadoras e trabalhadores públicos em 154 países –, a iniciativa é impulsionada pelo escritório da ISP no Brasil e diversas organizações filiadas no país (veja a lista abaixo). Seu objetivo mais prático e imediato é coletar informações sobre as condições de trabalho dos profissionais brasileiros de serviços essenciais para, dessa forma, embasar as reivindicações de melhorias junto a gestores públicos e empregadores privados. 
 
 
A campanha também tem como metas apresentar as necessidades de proteção a órgãos e entidades nacionais e internacionais e sensibilizar a sociedade para essa demanda de interesse coletivo, afinal, somente profissionais protegidos são capazes de salvar vidas em meio a uma pandemia como a que estamos vivendo. 
 
 
A coleta de informações será feita por meio de um questionário online que será enviado pelas organizações sindicais a trabalhadoras e trabalhadores de serviços essenciais em todo o país – a identificação não é obrigatória.
 
 
Site da campanha (incluindo o questionário): trabalhadoresprotegidos.com.br
 
 
Organizações sindicais que participam da campanha:
 
ISP - Internacional de Serviços Públicos
ASFOC - Associação de Funcionários da Fiocruz 
CNTSS - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social
CNTS - Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde
CONFETAM - Confederação Nacional dos Trabalhadores Municipais
CONDSEF - Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal
CONTRACS - Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comercio e Serviços
FNE - Federação Nacional dos Enfermeiros
FASUBRA SINDICAL - Federação de Sindicatos dos Trabalhadores em Universidades Brasileiras
FENAFAR - Federação Nacional dos Farmacêuticos
FENAFISCO - Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital
FNU - Federação Nacional dos Urbanitários
FENAJUD - Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados
Rede Nacional de Médicos e Médicas Populares
FETRAM/SC - Federação dos Trabalhadores Municipais de Santa Catarina
FESSERS/ RS - Federação dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Rio Grande do Sul
FESSERGS - Federação Sindical dos Servidores Públicos no estado do Rio Grande do Sul
FETAMCE - Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Ceará
FETAM/SP - Federação dos Trabalhadores da Administração e dos Serviços Públicos Municipais de São Paulo
FETAM MG - Federação dos Trabalhadores Municipais de Minas Gerais
FETRAM MA - Federação dos Trabalhadores da Administração e do Serviço Público Municipal do Estado do Maranhão
FESSP-ESP - Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos no Estado de São Paulo
SINDENF/RJ - Sindicato dos Enfermeiros do Rio de Janeiro
SINDSEP - Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo
SINAFRESP - Sindicato dos Agentes Fiscais de Renda do Estado de São Paulo
SINDSAÚDE-SP - Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo
SINPSI - Sindicato dos Psicólogos de São Paulo
SINDCOP - Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária de São Paulo
SEESP - Sindicato dos Enfermeiros de São Paulo
SINTRASEB - Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Blumenau