Funcionalismo

26 de Fevereiro de 2019 - 12:02

Comunicado do Fórum das Entidades Sindicais em greve

Reunião de hoje -26/02 - com o Governo.
 
Na Assembleia geral do dia 22/02/18 os servidores públicos rejeitaram a proposta apresentada pelo governo naquela data
 
Rejeitada a proposta por Unanimidade, também aprovaram a continuidade da Greve que completa hoje 22 dias corridos.
 
GOVERNO PUNE COM DESCONTO NOS SALÁRIOS.
 
 
 
GREVE IMPÕE AO GOVERNO RECEBER NOVAMENTE AS ENTIDADES DO FÓRUM SINDICAL
 
A acertada decisão dos servidores de recusar a proposta e continuar a GREVE unificada forçou nova reunião com o Governo.
Reunião realizada na manhã do dia 26/02.
Após apresentação das justificativas do Fórum porquê recusaram a proposta então apresentada, o Secretário de governo, ratificou posicionamento anterior quanto a não aceitar a reivindicação de revisão geral dos salários , instituir remuneração variável em função do alcance de metas, apontamento com desconto dos dias parados e discussão de compensação dos dias parados, somente após o retorno ao trabalho.
Diante da recusa do Fórum a este posicionamento, o governo apresentou os seguintes itens, condicionando que fosse apresentado e defendido na Assembleia Geral Unificado.
 
PROPOSTA DO GOVERNO APRESENTADA NA REUNIÃO DE HOJE
 
PREVIDÊNCIA:
- Não revogar a Lei 17020/18;
- No entanto, se a PEC da Previdência Federal for aprovada, o governo  Covas diz que assume o compromisso de não encaminhar Projeto de Lei para a Câmara Municipal para instituir contribuição extraordinária, portanto acima dos 14%,
 
REVISÃO GERAL DE SALARIO.
- Abrir processo de negociação para discussão do Plano de Cargos e Salários para o pessoal do Quadro do Nível Médio e para o Quadro do Pessoal do Nível Básico,
- Não aplicar índice de revisão geral, recusando portanto os 10%a título  de reposição reivindicado  pelo Fórum e mantendo assim a atual politica salarial vigente nos últimos anos de reajuste geral de 0,01%;
- Instituir a política salarial baseada no alcance de metas;
 
DIAS PARADOS:
- Efetuar os descontos dos dias parados, conforme já consta nos holerites e discutir compensações após o encerramento da Greve ou aceitar ou efetuar o pagamento dos dias parados através de folhas suplementares mediante apresentação e defesa destas propostas do governo apresentadas na reunião de hoje.
 
POSIÇÃO DO FÓRUM DAS ENTIDADES.
 
As entidades sindicais em Greve, que compõem o Fórum, foram unânimes em considerar que embora o compromisso do governo em não encaminhar proposta para elevação dos 14%, não houve qualquer proposta de  compensação ao confisco dos 3%. Unânimes também, quanto a não aceitação da política de meritocracia e a punição com desconto dos salários dos que estão legitimamente lutando por seus direitos em Greve.
Para o fórum, mesmo a proposta referente a reestruturação das carreiras do Nível Básico e Médio não possui nada de concreto.
 
A proposta do governo, como ocorreu na Assembleia anterior, será apresentada para discussão e votação logo após a manifestação de hoje a tarde.
Em defesa das nossas reivindicações e do direito de greve, com o pagamento dos dias parados, a Greve continua.
 
Todos à Assembléia Unificada.
 
26/02 - 15h Na sede da Prefeitura.