Funcionalismo

28 de Dezembro de 2021 - 11:12

FUNDO DE GREVE | FASP doa R$ 4.500 para auxiliar servidores/as que estão sem salários

Por Cecília Figueiredo e João Batista, do Sindsep
 


O Fundo de Greve Solidário Permanente do Sindsep recebeu, no final da tarde do último dia 23 de dezembro, a contribuição de R$ 4.500,00 da Federação das Associações Sindicais dos Profissionais Servidores da Prefeitura Municipal de SP - FASP-PMSP.

 
Cópia do depósito encaminhado pela FASP-PMSP ao Fundo de Greve Solidário Permanente
 
 
O Fundo foi criado para apoiar os trabalhadores/as que em razão da luta por direitos tiveram seus salários cortados. Nascido a partir de abril, durante a paralisação de 120 dias das/os trabalhadoras/es da Educação em Greve pela Vida, o Fundo de Greve Solidário Permanente vem contribuindo com trabalhadoras/es que tiveram seus salários cortados no primeiro semestre e também neste segundo semestre, durante a paralisação de 23 dias de várias categorias do Serviço Público contra o Sampaprev 2. 
 
Frente à intransigência dos governos Covas e Ricardo Nunes, o Fundo de Greve começou a reunir recursos para contribuir com os trabalhadores em luta. O Fundo movimentou, no primeiro semestre deste ano, cerca de R$ 200 mil, auxiliou centenas de trabalhadoras/es, além de proporcionar campanhas de doação de mais de 5 toneladas de alimentos em parceria com movimentos sociais, como os da agricultura familiar, para 500 famílias moradoras das regiões de São Mateus, zona Leste, e Brasilândia, zona Norte.
 
Neste momento, o Fundo de Greve está auxiliando os servidores públicos que paralisaram atividades contra o Sampaprev 2, entre outubro e novembro deste ano, já que o governo se recusa a discutir e negociar os dias parados utilizando-se de um parecer da Procuradoria Geral do Município. Um ataque ao direito de greve, conquistado a duras penas na Constituição de 1988.  
 
A arrecadação ao Fundo de Greve é "administrado" por uma comissão eleita, que avalia os pedidos de servidores que tiveram os dias descontados. Várias contribuições coletivas e individuais têm chegado e agradecemos a cada uma que chega em apoio aos lutadores do serviço público. 
 
A FASP-PMSP, que reúne entidades 13 entidades de servidores públicos, também integra o Forum de Entidades junto com o Sindsep, e por meio da doação reforça os laços de solidariedade de classe e a unidade da luta do funcionalismo que vem sendo travada na cidade de São Paulo pela garantia de condições seguras de trabalho.
 
A doação, que foi informada por meio de extrato encaminhado pela FASP, tem como objetivo reforçar o apoio aos grevistas que aderiram à paralisação de 23 dias contra o Sampaprev 2 e seguem sem negociação e sem salários nesse final de 2021.


Confira quem pode acessar e como contribuir com o 
Fundo de Greve Solidário Permanente: