Funcionalismo

05 de Maio de 2022 - 10:05

Serviço Funerário: Adiada a concessão! É preciso cancelar definitivamente

Auditoria do TCM encontra pelo menos 14 impropriedades no certame marcado para esta quinta-feira, 5 de maio

Graças à pressão e mobilização que trabalhadoras e trabalhadores têm feito, junto com a sociedade civil, por meio de denúncias aos meios de comunicação, mais uma vez obtivemos o adiamento do leilão dos 22 cemitérios e crematório públicos da cidade de São Paulo.
 
A informação está oficializada no Diário Oficial da Cidade, na edição desta quinta-feira (5/5), página 59, em despacho autorizatório da secretária executiva de Desestatização e Parcerias, em decorrência de uma série de problemas apontados pelo Tribunal de Contas do Município (TCM).
 
Frente às 14 impropriedades que a auditoria encontrou no certame, e relevância dos achados, foi realizada longa Mesa Técnica do TCM com a administração municipal, em 27 de abril, para esclarecer pontos e superar divergências, na qual foram tratadas diversas questões suscitadas pela Subsecretaria de Fiscalização e Controle. 
 
De acordo com documento do TCM, foi levantado um conjunto de problemas técnicos e os auditores buscaram tratar caso a caso o que “ficou evidente a necessidade de republicação do Edital para a realização de ajustes” de todos os ítens apontados pela auditoria do TCM.
 

No Programa Manhã Bandeirantes, do Datena, de 4 de maio, o prefeito Ricardo Nunes não conseguiu responder às denúncias contra a atual superintendente, implicada em uma sindicância que apura irregularidades na administração pública no processo de concessão que pode estar viciada com os ganhadores designados.                                                                             

 

O Sindsep segue atento, na luta e convoca os colegas do Serviço Funerário para uma plenária no próximo dia 10 de maio, às 20 horas, on-line. Enviaremos o link posteriormente.