Mulheres

10 de Setembro de 2021 - 17:09

Coletivo de Mulheres do Sindsep repudia orientação machista e ilegal de postos de saúde para inserção do DIU

Segundo informação do jornal Folha de S. Paulo, desta sexta-feira, 10 de setembro, alguns postos de saúde da capital pedem autorização do marido para a inserção de DIU (Dispositivo Intrauterino) em mulheres casadas.
 
O coletivo de mulheres do Sindsep repudia veementemente a orientação. Além de uma atitude machista, é uma prática ilegal.
 
Luba Melo, Secretaria de Políticas para Mulheres do Sindsep, comentou o caso. "Consideramos inadmissível tal postura da Secretaria Municipal de saúde e do prefeito Ricardo Nunes. Lutamos há anos para que as mulheres tenham autonomia sobre os seus próprios corpos e direito de escolha sobre o método contraceptivo, não vamos aceitar tal postura, encaminharemos oficio notificando a prefeitura", afirmou Luba.