Notícias

11 de Fevereiro de 2019 - 09:02

AS INVENÇÕES DO PREFEITO COVAS (PSDB) CONTRA A GREVE DOS SERVIDORES MUNICIPAIS

 
O prefeito Bruno Covas (PSDB) usando da violência contra manifestantes, aprovou em dezembro passado a Lei 17.020 da Reforma da Previdência Municipal que confisca nossos salários.
 
Agora, numa clara atitude inconstitucional, decidiu autorizar a convocação de trabalhadores temporários para furarem a greve nas unidades da Educação Municipal. Uma afronta ao direito de greve dos trabalhadores brasileiros.  
 
Essa medida é um indicador que a greve cresceu e se fortaleceu. Cada vez que a greve cresce, Covas, apavorado, inventa um factoide. Faz isso para esconder a realidade dos fatos: os servidores estão aderindo a greve e a população está apoiando os trabalhadores.  
 
Reagiremos à altura contra cada factoide. Vamos enfrentar com todos os meios - mobilização, recursos jurídicos e políticos  - tal prática da Prefeitura que recusa a receber os representantes dos servidores públicos.
 
Afirmamos o crescimento da greve nos diferentes locais de trabalho dos funcionalismo. Nas redes de televisão o apoio popular é exposto pelos cidadãos que repudiam o ataque a previdência dos servidores municipais.
 
Exigimos a revogação da Reforma da Previdência Municipal - Lei 17.020/18 e o não confisco salarial. 
 
Exigimos respeito, valorização e condições de trabalho para os servidores municipais.