Notícias

08 de Abril de 2019 - 18:04

Ato em solidariedade a dirigente do Sindsep agredida pelo superintendente do HSPM

Nem mesmo a chuva atrapalhou o repúdio da violência do superintendente do Hospital do Servidor Público Municipal contra Flávia Anunciação, servidora do HSPM e diretora do Sindsep

Servidores, dirigentes do Sindsep, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Internacional dos Serviços Públicos (ISP), Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), Associação dos Servidores de Nível Superior de São Paulo (Anis) e representantes de mandatos parlamentares da Câmara Municipal. Participaram de um ato em solidariedade a dirigente do Sindsep, Flávia Anunciação, em frente ao Hospital do Servidor Público Municipal, na tarde desta segunda-feira, 8 de abril.
 
O ato realizado com a participção de entidades sindicais, parlamentares e partidos políticos repudiou a atitude violenta e antisindical do superintendente do HSPM, Dr. Antonio Célio Camargo Moreno.
 
Na sexta-feira, 5 de abril, o superintendente do HSPM, se recusou a receber uma comissão dos servidores do hospital pela presença do Sindicato dos Servidores Municipais, representado pela dirigente, Flávia Anunciação, para debater uma pauta de reivindicações dos trabalhadores e trabalhadoras do Setor de Raio-X. Com uma postura antisindical, o superintendente afirmou que não aceitaria a presença do sindicato. 
 
Os trabalhadores não aceitaram e o superintendente começou a atacar verbalmente os trabalhadores e depois a dirigente do Sindsep, foi empurrada, agarrada e sacudida covardemente pelo superintendente. Flavia Anunciação e o Sindsep abriram Boletim de Ocorrência na delegacia da mulher contra a violência do superintendente.