Notícias

29 de Julho de 2022 - 16:07

Conselho de Representantes Regionais discute papel dos conselheiros e organização dos trabalhadores

O Conselho de Representantes Regionais do Sindsep se reuniu na manhã desta sexta-feira, 29.07. Para muitos presentes, foi a primeira reunião de CRR, já que os novos conselheiros foram eleitos recentemente, na última reunião de Representantes Sindicais e na Plenária de Aposentados. Esta reunião, também, foi importante para marcar o retorno das reuniões presenciais, após os últimos dois anos ocorrendo apenas de forma virtual. Os conselheiros puderam refletir sobre seu papel no sindicato e na organização dos trabalhadores, além de tratar da Campanha Salarial e do calendário de lutas aprovado na Assembleia Geral, ocorrida na última quarta-feira.

A mesa de abertura contou com as presenças de João Gabriel Buonavita, presidente do Sindsep, Luba Melo, vice-presidenta, e Sergio Antiqueira, secretário-geral. Após as saudações, Sergio falou aos presentes sobre o papel e a importância dos Conselheiros no Sindsep e na organização dos trabalhadores pelas regiões, frisando a necessidade de uma formação sindical, visando a construção a partir do diálogo.

“A ideia é que consigamos organizar nas regiões, ampliando a capilaridade, e isso passa pelo importante papel dos representantes sindicais e dos conselheiros regionais”, afirmou Sergio. Ao falar sobre o momento político em que vivemos, o secretário-geral afirmou que é preciso estarmos muito bem organizados, “para podermos defender nossas pautas e lutar pela defesa dos serviços públicos.”

João Gabriel trouxe a importância de organização dos trabalhadores, reforçando o papel do CRR neste processo. “Devemos trabalhar o CRR enquanto instância sindical, mas também como ferramenta fundamental para o trabalho classista nos territórios.” João, ainda, falou sobre a importância dos aposentados, sobretudo, na organização e discussão sobre o PL 428/22, em sua fala, rejeitou o termo “inativo”, valorizando a presença dos aposentados.

Ao tratar da Campanha Salarial e da luta por valorização para o funcionalismo, o presidente frisou a importância de participação de todos na paralisação e ato da próxima terça-feira, 2 de agosto, às 10 horas, em frente à Câmara Municipal, que vamos participar da Audiência Pública do PL 428/22. Ainda, na outra semana, nos dias 8 e 9, teremos a segunda audiência do PL 428/22 e a audiência do PL 573/21, que prevê a terceirização da gestão escolar. João reforçou a necessidade de divulgação das informações, debater com os colegas, seja no trabalho ou nas redes sociais, para informar sobre as lutas, chamando todos e todas para a participação.

Ao final, Djalma Prado, secretária dos Aposentados do Sindsep, falou sobre a situação dos aposentados e de como tem sido ampliada a participação, inclusive com uma grande Plenária, ocorrida na última quarta-feira. Djalma também trouxe sobre a organização do dia 3 de agosto, em que os aposentados irão até a Câmara protocolar um documento e visitar os vereadores sobre o PL 428/22, para que tenhamos valorização para todos, ativos e aposentados.

Luana Bife, coordenadora da região Leste II, discursou sobre a situação da educação. Ao citar a sua ida ao CONAPE. “Discutimos no CONAPE sobre como é danosa a privatização e a terceirização na educação. Com Bolsonaro, Doria e Nunes, vemos que isso tem sido politica de Estado.” O mais recente ataque aos serviços públicos na educação é o PL 573/21, que prevê a terceirização na gestão das escolas, mais um desmonte dos serviços públicos.

Portanto, atenção ao calendário de lutas do Sindsep para os próximos dias:

01.08 - Ato dos(as) Trabalhadores(as) da Saúde - Em frente à SMS às 10 horas
02.08 - Paralisação e ato em frente à Câmara Municipal às 10 horas
02.08 - Audiência Pública do PL 428/22
03.08 - Visita dos aposentados em todos os gabinetes dos vereadores na Câmara
08.08 - Segunda audiência pública do PL 428/22
09.08 - Audiência Pública do PL 573/21 (terceirização da Gestão Escolar)