Notícias

25 de Maio de 2022 - 17:05

Denúncia: Falta de manutenção expõe trabalhadores, usuários e transeuntes a alto risco no SAMU do HSPM

Ainda no início de abril, uma ambulância do SAMU colidiu com o portão da área de carga e descarga do Hospital do Servidor Público Municipal (HSPM), deixando-o pendurado. Trata-se de um portão extremamente pesado, que expões trabalhadores, usuários e demais transeuntes a acidentes. Inicialmente, o concerto ficaria a cargo do SAMU, porém, o portão ainda encontra-se quebrado.


Falta de manutenção expõe trabalhadores e transeuntes a alto risco

O risco de ocorrer um acidente é grande, os caminhões não conseguem entrar por outras portarias do Hospital, e a responsabilidade de abri-lo é de funcionários do HSPM, já que o segurança do SAMU foi proibido de manusear o portão. São necessários três trabalhadores para conseguir movê-lo. Atualmente, alguns funcionários de outras portarias foram deslocados para o manuseio e vigilância do local.


Trabalhadores tem que fazer muito esforço para abrir o portão para os caminhões

Estes trabalhadores estão sendo obrigados a exercer sua jornada de trabalho de forma insalubre, não há guaritas para abrigá-los, pois a guarita do local está destinada a pesagem do lixo. Não foi considerado idade, laudos de restrição ou readaptação, condições de trabalho seguras, riscos e condições de perigo no local.

Exigimos a manutenção do lugar e que os trabalhadores e trabalhadoras no local possam exercer suas funções de forma digna e sem passar por perigos como estes. O Sindsep vai continuar acompanhando o caso e pressionando a mais rápida solução.