Notícias

08 de Setembro de 2020 - 17:09

Grito dos Excluídos reforça defesa da vida neste 7 de setembro

Na manhã desta segunda-feira, 7 de setembro, como de costume, ocorreu o Grito dos Excluídos. O Sindsep marcou presença na 26ª edição do ato em defesa de todas as minorias, que nesse ano teve como tema central a defesa da vida. Defesa da vida que se faz necessária dada as políticas de morte de Bolsonaro, João Doria e Bruno Covas. Esfolam o trabalhador, excluem as minorias e pouco, ou nada, fizeram para controlar a pandemia de Coronavírus.

Sergio Antiqueira, presidente do Sindsep, comentou sobre a política genocida que vem sendo implementada no país, os ataques a classe trabalhadora e todas as minorias, sobretudo em um momento de pandemia que enfrentamos. “Neste momento, que o Bruno Covas desmente as políticas públicas, deixando ainda mais excluídos. Excluídos da Saúde, excluídos da educação pública. Mesmo projeto de João Doria, que é o desmonte dos serviços públicos”, afirmou Sergio. E continuou, “é a lógica do Bolsonaro, é a lógica da morte. É a lógica dos 130 mil mortos, da necropolítica, de deixar a população morrer.”

Sindsep presente em luta no Grito dos Excluídos

Para João Batista Gomes, secretário de comunicação do Sindsep e diretor executivo da CUT, a única saída é a luta. “Hoje a gente vive uma situação de calamidade: milhões de infectados, mais de 120 mil mortes. E o governo segue se negando a tomar as medidas para salvar o povo brasileiro.” E concluiu, “de nossa parte, da parte dos trabalhadores, parte do povo brasileiro, é continuar lutando para reverter essa situação.”