Notícias

07 de Agosto de 2020 - 09:08

Prefeito Covas: cadê o reajuste no auxílio refeição e no vale alimentação?

Apoiado na Lei Complementar nº 173/20 de Bolsonaro, que congela salários, carreiras e benefícios, Covas não corrigiu os valores do auxílio refeição (em junho) e do vale alimentação (em julho).

O Prefeito Bruno Covas quer dar mais um calote nos servidores. Apoiado na Lei Complementar nº 173/20 de Bolsonaro, que congela salários, carreiras e benefícios, Covas não corrigiu os valores do auxílio refeição (em junho) e do vale alimentação (em julho).

Pelas leis que criaram esses benefícios, eles teriam reajustes anuais pela inflação, baseado no Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Institutos de Pesquisas Econômicas (FIPE). Os valores são baixos, mas nos pertencem, por isso, não vamos deixar de lutar pelo nosso direito.

O prefeito abre o cofre, gasta milhões com hospitais de campanha, onde existem diversas denúncias de superfaturamento de compra de materiais, além da entrega da saúde para as Organizações Sociais e agora quer economizar às nossas custas? De jeito nenhum!

O Sindsep enviou no último dia 6 de agosto um ofício ao prefeito, exigindo a atualização dos valores, além dos retroativos. (confira o ofício clicando aqui)

Hoje, o auxílio refeição é de R$ 17,30 por dia, como a inflação no período foi de 2,38%, deveria passar para R$ 17,71. Já o vale alimentação, que hoje é de R$ 383,34 o mês, com a inflação de 2,62%, passaria para R$ 393,69. Vale notar que estes valores estão muito abaixo do que é uma verdadeira refeição em qualquer restaurante e compras no supermercado na cidade de São Paulo.

 

Bruno Covas, onde está o nosso reajuste no Vale Alimentação e no auxílio refeição?
 

Após a publicação da matéria, vários colegas nos alertaram que o valor diário do auxílio refeição era de R$ 19,63, diferente dos R$ 17,30 publicado anteriormente. Esclarecemos que esse valor foi retirado do site oficial da Prefeitura no portal do servidor, secretaria de gestão/benefícios onde consta a página atualizada em 15/07/20, o que demonstra o descaso da prefeitura em atualizar as informações referente aos benefícios dos servidores.

 

Enfim, a prefeitura não corrige nem seu site e o PIOR: não reajusta nossos benefícios.

 



* Atualização de informações em 11/08/2020