Notícias

06 de Dezembro de 2018 - 11:12

Vereador Amauri Silva (PSC) ao ser pressionado pelo site Na Pressão, responde moção sobre PL 621/16

Sou servidor público municipal há 32 anos e contra esse novo modelo de Previdência que prevê enormes impactos na renda - já defasada - de todos os servidores públicos municipais.
 
Na Câmara Municipal foi instalada uma Comissão de Estudos onde serão analisados os impactos que o Sampaprev irá causar, se aprovado, na vida dos servidores. A comissão agenda Audiências Públicas bastante necessárias.
 
Em Audiências Públicas deve haver transparência e diálogo e, portanto, o “rombo da Previdência” que o governo cita em defesa do Sampaprev poderá ser discutido e demonstrado por meio de números, inclusive, ser colocado ao lado do Orçamento da cidade que cresceu 6% em 2017.
 
Um PL como o 621/ 2016 não pode ser votado às pressas por conveniência do governo. O que está em jogo é a vida de milhares de servidores e, portanto, de minha parte esse PL terá meu voto contrário se for a Plenário sem a devida discussão!