Notícias

26 de Março de 2012 - 00:03

Inspetora da GCM ganha prêmio por conta da greve do SFMSP

O DOC de 23/03/12, pagina IV traz estampado a matéria:
“GCMs recebem homenagem pela promoção dos direitos humanos” por conta da greve do serviço funerário.


A matéria trata de entrega na Câmara Municipal de São Paulo de um prêmio do Centro de Estudos em Segurança Pública e Direitos Humanos do Estado de São Paulo.

“A inspetora Lindamir Magalhães Carneiro foi premiada pelo desempenho da Guarda Civil Metropolitana durante a greve do serviço funerário, em 2011. Na ocasião, os guardas civis trabalharam dia e noite, auxiliando a população, desde o velório até o sepultamento de familiares e amigos.
Lindamir estava à frente da corporação, como comandante em exercício, e ressaltou a importância do evento. “O fato de a Guarda Civil Metropolitana ser lembrada pela sociedade civil é extremamente gratificante, este prêmio não é meu e sim o reconhecimento de todo o trabalho dos agentes que fizeram o melhor para assistir a população naquele período”, destacou.”(grifos nossos)

É incrível os trabalhadores do serviço funerário de São Paulo fazem isso todo santo dia, nos cemitérios, no tráfego, nos velórios, nas agências, na central, “debaixo de chuva e de sol” e ganham algum prêmio? Não.
Esse prêmio deveria ser entregue a cada trabalhador do serviço funerário que no dia a dia sustenta um serviço que é sucateado pela administração e ganham salários baixíssimos.
Agora mesmo o serviço funerário determinou um corte linear nas horas extras sem explicação.
O SINDSEP está pedindo audiência com a superintendência ou chefia de gabinete e até agora nada.

Dia 28/03 tem ato e vamos à luta novamente