Saúde

04 de Janeiro de 2022 - 16:01

Retrato da terceirização: lotação e descaso na UBS Cambuci

Por meio de uma servidora pública que espera por atendimento, recebemos denúncia do descaso com que a população tem sido tratada neste momento de crise sanitária, com a alta dos casos de Covid-19, por meio da nova variante e da disseminação da gripe h3n2. Como falamos há tempos, terceirização na saúde traz apenas precarização e prejudica diretamente à população, principalmente aquela que mais necessita do atendimento.

Segundo a servidora, na tarde desta terça-feira (04.01), mais de 70 pessoas estão na fila embaixo de chuva na UBS Cambuci, gerida pela Organização Social (OS) IABAS, na região central. Ainda segundo esta servidora, ontem não haviam médicos na unidade e hoje há apenas um médico para atender as pessoas. “Aqui está em estado caótico. Mais de 70 pessoas na chuva esperando atendimento, criança passando mal, isso na parte de Covid.”

Não podemos aceitar este descaso da Prefeitura com os munícipes de São Paulo, ocasionado pela precarização e terceirização dos postos de trabalho, afetando diretamente à população neste momento de crise sanitária. O Sindsep se mantém na luta contra a terceirização, em defesa dos servidores públicos e da população.