Saúde

04 de Setembro de 2013 - 16:09

SOBRE OS ENCAMINHAMENTOS DO PL 463/2013

Trabalhadores do SAMU juntamente com representantes do Sindsep se reúnem co vereador Jair Tatto para discutir o PL 463/2013.

O PL 463/2013 de autoria do vereador Paulo Frange e coautoria do vereador Jair Tatto, que trata da transformação do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência, (SAMU) em uma Autarquia Municipal causou estranheza em parte dos trabalhadores de tal serviço. (para visualizar o PL clique aqui)


Foi solicitado aos representantes do Sindsep, que marcassem uma audiência com o vereador Jair Tatto, para que o PL não fosse encaminhado antes de ser discutido com os trabalhadores do SAMU.

Provocados pelos trabalhadores, o Sindsep marcou uma audiência com o vereador Jair Tatto, para que o PL não fosse encaminhado antes de ser discutido com os trabalhadores do SAMU.

No dia 15 de agosto, foi realizada a reunião com trabalhadores do SAMU, representantes do Sindsep e o Sr Everton, chefe do gabinete do vereador Jair Tatto. Na ocasião ficou acordado que o vereador Jair Tatto entraria em contato com o vereador Paulo Frange, com os demais representantes do poder legislativo municipais, com o Secretário de Saúde, com o diretor do SAMU e, por fim, com o Prefeito Fernando Haddad para verificar a pertinência do PL em questão antes de ser apreciado nas comissões cabíveis (justiça, saúde, administração pública e orçamento e finanças) e antes de ser encaminhado para votação na Câmara Municipal.

Em virtude de questionamentos realizados nas redes sociais, o vereador Tatto enviou ao Sindsep uma nota de esclarecimento (para visualizá-la clique aqui) explicando algumas colocações feitas por ele na reunião. De acordo com o entendimento do sindicato, o vereador está tomando medidas adequadas para dar encaminhamento à questão.

O Sindsep segue na luta pela conquista de direitos e se colocou à disposição do vereador para analisar e contribuir na elaboração de todo e qualquer projeto que se relacione direta ou indiretamente com a vida dos trabalhadores e trabalhadoras do serviço público municipal.

Saudações!